Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica!

A construção cerâmica é uma das técnicas mais antigas de construção, e seu uso ainda é muito comum em todo o mundo. No entanto, alguns problemas comuns podem ocorrer durante e após a construção. Neste artigo, você vai aprender as principais técnicas para detectar e corrigir problemas na construção cerâmica, incluindo a identificação e a correção das principais patologias. Fique ligado para descobrir mais!

Diagnosticar e Reparar Patologias de Revestimentos Cerâmicos

Qualquer assentamento que é feito em uma base que não foi adequadamente preparada pode sofrer avarias, e isso pode chegar a consequências gravíssimas, de pequenos acidentes até graves consequências, como morte. O emboço deve estar adequadamente preparado para receber o revestimento, e temos que ter muito cuidado, pois o profissional de uma frente, não tem necessariamente o conhecimento específico sobre a frente seguinte, a que vai pegar a continuação dos serviços seguintes, a partir do dele, e isso é responsabilidade de quem administra.

Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica!
Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica! – Fonte/Reprodução: Original

As patologias acontecem sempre e precisamos estar preparados para ataca-las se necessário for, com as ferramentas e as profilaccías necessárias para debelar o problema. É simples assim a construção civil está muito avançada para parar apenas por um pequeno problema muitos simples de se resolver.

CaracterísticasDescolamentoRecuperação
SintomasQueda das placas cerâmicas da parede, deslocamento das placas, estufamento e perda de aderência, som cavo à percussãoLimpar bem a superfície; verificar o estado do emboço; executar o emboço onde necessário; regularização do emboço/contrapiso; execução de juntas de movimentação
CausasSaturação, imersão ou não molhar antes do assentamento, especificação incorreta da placa ou rejunte, dosagem incorreta da argamassa de assentamento, técnica de assentamento incorreta, assentamento sobre base não adequadamente preparada, patologias como vazamentos ou infiltrações nas paredes, movimentação do substrato ou falta de juntas de movimentação no revestimentoSanar outras patologias causadoras, remover o revestimento comprometido e reassentá-lo seguindo os procedimentos adequados
veja a tabela acima

Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica!

É comum que o descolamento seja a patologia mais comum e séria em revestimentos cerâmicos, pois além de comprometer as funções destes, também expõe usuários a riscos. Para diagnosticar e reparar tais problemas, é necessário realizar estudos complementares para detectar outras patologias causadoras e proceder à remoção e reassentamento das placas cerâmicas.

Sintomas e Causas e como Diagnosticar e Reparar Patologias

Os sintomas mais comuns do descolamento são queda das placas cerâmicas da parede, deslocamento das placas, estufamento e perda de aderência, além de um som cavo à percussão. As possíveis causas incluem saturação, imersão ou não molhar antes do assentamento, especificação incorreta da placa ou rejunte, dosagem incorreta da argamassa de assentamento, técnica de assentamento incorreta, assentamento sobre base não adequadamente preparada, patologias como vazamentos ou infiltrações nas paredes onde estão assentadas as cerâmicas, movimentação do substrato ou falta de juntas de movimentação no revestimento.

Diagnosticar e Reparar Patologias

Para recuperar revestimentos cerâmicos soltos, é necessário sanar outras patologias causadoras, remover o revestimento comprometido e reassentá-lo seguindo os procedimentos adequados: limpar bem a superfície; verificar o estado do emboço; executar o emboço onde necessário; regularização do emboço/contrapiso nos locais onde sua superfície foi parcialmente removida; execução de juntas de movimentação (caso de fachadas).

Quais são os sintomas do descolamento e como Diagnosticar e Reparar Patologias?

Os sintomas mais comuns do descolamento são queda das placas cerâmicas da parede, deslocamento das placas, estufamento e perda de aderência, além de um som cavo à percussão.

Diagnosticar e Reparar Patologias do descolamento das placas cerâmicas?

Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica!
Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica! – Fonte/Reprodução: Original

As possíveis causas incluem saturação, imersão ou não molhar antes do assentamento, especificação incorreta da placa ou rejunte, dosagem incorreta da argamassa de assentamento, técnica de assentamento incorreta, assentamento sobre base não adequadamente preparada, patologias como vazamentos ou infiltrações nas paredes onde estão assentadas as cerâmicas, movimentação do substrato ou falta de juntas de movimentação no revestimento.

Diagnosticar e Reparar Patologias dorevestimentos cerâmicos soltos?

Para recuperar revestimentos cerâmicos soltos, é necessário sanar outras patologias causadoras, remover o revestimento comprometido e reassentá-lo seguindo os procedimentos adequados: limpar bem a superfície; verificar o estado do emboço; executar o emboço onde necessário; regularização do emboço/contrapiso nos locais onde sua superfície foi parcialmente removida; execução de juntas de movimentação (caso de fachadas).

 

1 comentário em “Aprenda a Diagnosticar e Reparar Patologias da Construção Cerâmica!”

Deixe um comentário